8 de junho de 2014

Um Cheirinho a Aventura (Os Milagres Ainda Existem).



                Imagem Google                                                         
                                                                                        Estimados Leitores


 Aquela viagem imprevista, cinco minutos atrás, estava a criar cenários na minha mente, cada um mais arrepiante que o outro e, no momento em que me decidi a murmurar aquele "Sim" quase inaudível, um arrependimento do tamanho do Mundo, assaltou-me.


Porém, logo em seguida, olhei o meu filho diante de mim - eu estava sentada no maple - de cócoras, olhando-me bem fundo nos olhos, suplicante e, num relance, li no seu semblante aquela pontinha de aflição que eu tão bem conhecia e não tive coragem de me contradizer.

Bem sabia que, após um longo período sem um segundo de descanso, pela força das circunstâncias, umas pequenas férias em família iam trazer-me uma certa tranquilidade e momentos de verdadeira felicidade.

Mas, o que a minha mente se recusava a aceitar, era que, para usufruir dessas mini-férias em família, havia um longo caminho a percorrer e era esse caminho desconhecido que me atemorizava. E, mais ainda, quando tinha de percorrê-lo sozinha, por motivos que fugiam ao meu controle.

A minha mente procurou, em segundos, um membro da família ou uma pessoa amiga que pudesse acompanhar-me mas, para minha desilusão, ninguém estava disponível.

Escusado será dizer que, nos poucos dias que faltavam para a viagem, ela não saía do meu pensamento e as minhas noites eram semeadas de pesadelos.

Iria eu chegar sã e salva ao meu destino e desfrutar daquelas mini-férias que me trariam grande alegria e aquela felicidade tão esperada?

É o que veremos ao longo desta linda história que, a dado momento, nos deixa em suspense.

Mais uma vez, esta história vem comprovar que existem, ainda, almas bondosas ao cimo do planeta. A solidariedade, tal como a entre-ajuda estão bem patentes, a dado momento.

Seria louvável que elas existissem na realidade! E era necessário tão pouco! Apenas um pouco do que de melhor existe, ainda, dentro de nós.

                                                            Um Grande Abraço
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...